Brasil Mais Produtivo

Brasil Mais Produtivo

Brasil Mais Produtivo

Aumento de 20% de produtividade em 3 mil indústrias

 

O Programa é uma resposta rápida para o dilema da baixa produtividade da indústria brasileira. Visa atender 3 mil empresas industriais de pequeno e médio porte em todo o Brasil, com objetivo de aumentar em pelo menos 20% a produtividade no setor da aplicação das ferramentas Lean para pequenas e médias indústrias participantes. O conceito baseia-se na redução dos sete tipos de desperdícios (superprodução, tempo de espera, transporte, excesso de processamento, inventário, movimento e defeitos).

A iniciativa prevê o investimento em 4 setores prioritários:

- Alimentos e Bebidas;

- Metalmecânico;

- Moveleiro;

- Vestuário e Calçados.

 

Para mensurar a efetividade dos resultados, os indicadores de produtividade serão medidos no início e no final do programa e todo atendimento será executado em 120 horas, divididos nas seguintes etapas: fase de preparação (24 horas), fase de intervenção (60 horas), fase de monitoramento (20 horas) e fase de encerramento (16 horas) distribuídos em três meses de consultoria. 

 

Premissas do Acordo

- Para a empresa participar é necessário que tenha entre 11 e 200 funcionários;

- Todo atendimento de ser executado em 120 horas;

- Os indicadores de produtividade devem ser medidos no início e no final do atendimento;

 

Quanto Custa

O Programa custa R$ 18 mil por empresa, sendo que R$ 15 mil é subsidiado pelo SENAI e pelo Governo Federal, cabendo à empresa aportar uma pequena contrapartida de R$ 3 mil.

A contrapartida da empresa estará condicionada ao aumento mínimo de 20% no indicador de produtividade, ou seja, se não houver esse aumento mínimo no indicador a empresa não custeia seu investimento.

 

A iniciativa é uma realização do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (APEX-Brasil) e Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), com a parceria do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

 

A empresas interessadas podem procurar a Escola SENAI “Celso Charuri” – Unidade Guarulhos

Av. Carmela Dutra, 380 – Jd. Pres. Dutra – Guarulhos

Equipe de relacionamento com a indústria

Susane Schmieg – (11) 2088-7139 –   susi@sp.senai.br   

Marisley Moreno Nunes – (11) 2088-7138 – mari.nunes@sp.senai.br

 

 

Imprensa

Close